sábado, 7 de dezembro de 2019

Disconversa – Deveria ser Natal o ano todo

Guilherme Araújo é apaixonado por Natal. Mas não só por isso - é um dos grandes colecionadores de vinil do Rio de Janeiro, com uma coleção que já ultrapassa cinco mil unidades. Baiano de Itabuna, mora na capital há 12 anos e desde então começou efetivamente a colecionar LPs, hábito que ele havia pausado quando o CD invadiu o mundo da música. “Foi quase que uma imposição, eu me

Discogs – o melhor amigo do colecionador – Parte 1

Chega um ponto na vida do colecionador em que seu acervo começa a crescer, crescer e crescer - colecionar não para, lembra? Como bem disse uma amiga, “memória boa é coisa de gente à toa”. Portanto, em algum momento você não vai lembrar de cabeça todos os LPs que tem. Por essas e outras que você descobrirá

Não Vista Branco – Começando a colecionar LPs

Existem duas formas comuns de começar a colecionar discos. A primeira é herdando, jeito como comecei, conforme comentei no último texto. É comum acontecer de um parente ou conhecido se mudar - às vezes dessa para uma melhor - ou então querer liberar espaço na casa e se desfazer das bolachas. Percebendo esse movimento

Disconversa – Colecionar não para

Lester Bangs dizia que não havia problema nenhum em escrever resenhas de disco por querer que outras pessoas gostem das mesmas coisas que você. Essa mesma sentença pode se aplicar à causa desta coluna existir. Além de contar minha experiência como colecionador de vinil, quero despertar a paixão nos leitores de entrarem nesse mundo que é muito mais que um hobby - só não vão comprar

Sebastião – 20 anos sem Tim Maia

Há 20 anos a MPB perdeu seu síndico. Nascido em 28 de setembro de 1942, no Rio de Janeiro, Sebastião Rodrigues Maia tentou a vida na Jovem Guarda, encarnou um lado Black Music esotérico em sua fase Racional e, sobretudo, ganhou o Brasil com sua disco music dançante com a banda Vitória-Régia de guarda-costas. Não só cantor e compositor de mão cheia, o músico mostrou-se um grande líder no

Todo carnaval tem seu fim

Quem sabe, sabe, conhece bem como é gostoso pular o carnaval. Porém, como tudo na vida, exceto a tristeza, a comemoração acaba. Para quem está melancólico sem os blocos, se recuperando daquela ressaquinha de leve ou pensando em como encarar o mundo de novo daqui pra frente, aqui vai uma playlist para alimentar os ouvidos e inaugurar a contagem: já faltam menos de 365 dias para o próximo carnaval