quarta-feira, 20 de março de 2019

Vamos avançar ou ficamos na mesma?

As primeiras articulações sobre as reformas, agora já na fase do Congresso, trazem alguma preocupação. Depois de um início de governo com direito a cirurgia, turbulências oriundas do caso Queiroz, em que, depois de tanto tempo, o assessor do então deputado Flávio Bolsonaro volta a aparecer

Timo, a chave da energia vital

Por Sônia Hirsch* No meio do peito, bem atrás do osso onde a gente toca quando diz Eu, fica uma pequena glândula chamada timo. Seu nome em grego, thymos, significa energia vital. Precisa dizer mais? Precisa, porque o timo continua sendo um ilustre desconhecido. Ele cresce quando estamos contentes,

Vamos avançar ou ficamos na mesma?

As primeiras articulações sobre as reformas, agora já na fase do Congresso, trazem alguma preocupação. Depois de um início de governo com direito a cirurgia, turbulências oriundas do caso Queiroz, em que, depois de tanto tempo, o assessor do então deputado Flávio Bolsonaro volta a aparecer

O que você ganha ao tomar refrigerantes?

Se você ainda acha que ganha alguma coisa… sinto muito te dizer: não ganha nada! Muito pelo contrário, o refrigerante faz você perder vitaminas e minerais da sua alimentação, podendo te levar a sérias deficiências. Posso listar aqui inúmeras desvantagens: 👉 É viciante, devido a presença

O jogo vai começar

Podemos afirmar que o governo Bolsonaro vai começar. Vencida a fase hospitalar, a parte mais importante para o sucesso do governo está entrando em campo. O ministro Sérgio Moro já encaminhou o seu pacote de medidas a serem avaliadas no Congresso. Já o ministro Paulo Guedes informa já estar pronta

Seu intestino precisa funcionar bem!

O intestino é um órgão fundamental para o bom funcionamento do organismo. Além de seu papel no sistema digestório e absorção de nutrientes, tem influência na imunidade, na produção de vitaminas, no sistema endócrino e no sistema neurológico. O intestino está, também, muito envolvido no

Dias tenebrosos de contagem de corpos

Você moraria em Brumadinho, ou pior, trabalharia na linha de acesso da morte? Quem sabe em Mariana, ou perto do Morro do Bumba em Niterói? Talvez na região serrana do Rio, ou ainda caminharia como turista pelo Rio de Janeiro com a tranquilidade de alguém que não será assaltado ou vai se deparar

O presidente Jair Bolsonaro acompanhado por seu filho, o senador Flávio Bolsonaro.

As trapalhadas e os danos políticos

A semana termina quente, com desdobramentos do caso envolvendo o deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. A investigação em movimentações financeiras suspeitas, ocorrida em diversos gabinetes de deputados da ALERJ, levou a um relatório do Controle

Categorias

Edições Anteriores