Edição 29

15/05/2018

ver edições anteriores

terça-feira, 22 de maio de 2018

O ajuste fiscal, a reforma e a eleição

Entra no seu último ano o “não governo” do presidente Temer! Como mencionado há algum tempo, estamos vivendo tempos parecidos com o final do governo Sarney. No caso atual, temos um governante enfraquecido por ter exaurido toda sua força para escapar de duas denúncias emanadas do MPF. Quando

As reformas e a reconstrução do país

O ano vai chegando ao fim e o governo Temer também. Há um caminho ainda a percorrer, mas o que se observa é um esforço para, se possível, aprovar uma reforma previdenciária capenga, mas oportuna se considerarmos o efeito de parecer que há governo atuante. Tanto é que, ainda hoje e depois de

Sem rumo na política e esperança na economia

A crise permanece e o presidente Temer atinge o pior nível de popularidade, somente 3% consideram que seu governo é bom ou ótimo. Há uma concepção, muito considerada para se avaliar o sucesso de um governante, que define seu desempenho pela declaração “se a economia vai bem o governo também”.

A turbulência política e a blindagem econômica

Já estamos tão acostumados, que as novas denúncias de corrupção já não provocam impacto, passaram a fazer parte do cotidiano. Mas a turbulência persiste e o ambiente político permanece em polvorosa. O governo enfraquecido por nova denúncia da PGR prepara-se para contornar mais uma pressão

Mais do mesmo

Quis o destino que Temer repetisse Dilma e, de certa forma, o Collor também! Se por um lado agarra-se ao cargo desesperadamente como sua antecessora, por outro ataca contundentemente outros poderes da república, como se vítima fosse, no melhor estilo do Caçador de Marajás! Parece estar caminhando