Edição 19

15/11/2017

ver edições anteriores

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

E a justiça?

O presidente Temer livrou-se de responder pela segunda denúncia do MPF, agora acompanhado de dois de seus ministros que foram arrolados para responderem, todos, por formação de quadrilha. Custou muito caro ao país a preservação do mandato presidencial. Embora a economia continue dando sinais de

Sem rumo na política e esperança na economia

A crise permanece e o presidente Temer atinge o pior nível de popularidade, somente 3% consideram que seu governo é bom ou ótimo. Há uma concepção, muito considerada para se avaliar o sucesso de um governante, que define seu desempenho pela declaração “se a economia vai bem o governo também”.

Comemoração Incompleta

Daqui a cinco anos, o Brasil ingressará no terceiro centenário de sua história como país independente. Neste 7 de setembro, aos 195 anos de nossa independência, é possível comemorar o que nossos antepassados conseguiram. Atravessamos quase duzentos anos consolidando um imenso território soberano

A turbulência política e a blindagem econômica

Já estamos tão acostumados, que as novas denúncias de corrupção já não provocam impacto, passaram a fazer parte do cotidiano. Mas a turbulência persiste e o ambiente político permanece em polvorosa. O governo enfraquecido por nova denúncia da PGR prepara-se para contornar mais uma pressão

A mãe de todas as corrupções

“Na guerra, todos saqueiam um pouco; nenhum dos meus saques foi ilegal”. A frase é de Herman Göring, o fundador da famigerada Gestapo no III Reich alemão. Isso foi há dois terços de século atrás, quando, já encarcerado pelas tropas aliadas, o pré-suicida chefe nazista tentava contemporizar

Onde Erramos

O jornalista Paulo Guedes escreveu, em 19/06/17: “os partidos social-democratas que nos dirigem há mais de três décadas devem explicar nossa degeneração política e o medíocre desempenho econômico”. Eu acrescento: “a persistência da pobreza e da desigualdade, a desagregação social, a