Edição 29

15/05/2018

ver edições anteriores

terça-feira, 22 de maio de 2018

Maio, o mês dos devires abolicionista e libertário da nação brasileira

Abrem-se as cortinas do outono neste maio turbulento. Com elas, ventos amenos adentram aquela luminosidade de garantida visão em profundidade, o inverso da névoa seca que acontece no verão…  E o sol, translucido, amplifica a percepção dos horizontes, embora nem toda ação da natureza seja

A toda poderosa Praça Vermelha e algumas dicasinhas espertas

Ela é a ‘cara’ e o ‘coração’ de Moscou. Provavelmente uma das imagens mais associadas à Rússia. Sim, estou falando da toda poderosa Praça Vermelha. Esse ‘vermelho’ aí vem do russo antigo e quer dizer ‘bonita’, e ela faz jus ao nome. Vou dizer que avistar de longe o colorido da

Reflexão sobre o papel do educador

Por Elisabete da Cruz*   Ainda estamos engatinhando para o verdadeiro sentido da palavra educação Aprendemos a falar e aprendemos a silenciar. Aprendemos a multiplicar, mas também a dividir Aprendemos a sorrir e a chorar A se desculpar e a voltar a errar A se orgulhar e a ter orgulho! Aprendemos

Uma dose de água, por favor!

Água com gás: faz bem ou faz mal? Uma das minhas principais recomendações: se vai beber algo, escolha beber água! “Mas que sem graça, nutri!” Verdade! Para quem está acostumado a um sabor na bebida, consumindo frequentemente refrigerantes, chás gelados ou sucos cheios de açúcar, eu proponho

É hora de acordar

E como se fosse um raio caindo em sua cabeça, um dia você olha no espelho e se pergunta: Quem é esta pessoa refletida aí? Por que será que não a reconheço mais? Onde EU fui parar? E essas, são apenas algumas das inúmeras perguntas que começam a surgir em sua mente neste que, a

Facilitar convívio com a família é a melhor política contra a violência

Por Marcelo Biar* O Brasil avança na política errada do encarceramento em massa, andando de mãos dadas com a negação de direitos. Já somos a terceira nação com maior número de pessoas privadas de liberdade e, só no Rio de Janeiro, já temos mais de 60 mil presos. Cada um destes toca um núcleo

O outro lado dos problemas

Muitos brasileiros do centro sul têm aprendido a conviver mais recentemente com um problema que os nordestinos conhecem há séculos – a escassez de água. Em algumas regiões, quando os reservatórios enchem vem a falsa sensação de abundância. Mas as mudanças climáticas e aumento da população

Maio, o mês dos devires abolicionista e libertário da nação brasileira

Abrem-se as cortinas do outono neste maio turbulento. Com elas, ventos amenos adentram aquela luminosidade de garantida visão em profundidade, o inverso da névoa seca que acontece no verão…  E o sol, translucido, amplifica a percepção dos horizontes, embora nem toda ação da natureza seja

Categorias

Edições Anteriores