Edição 24

15/02/2018

ver edições anteriores

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Espetáculo “Arigós”renova olhar sobre a Amazônia

Concebido como um espetáculo panorâmico sobre a Amazônia desde o início do século XX à migração de nordestinos para região durante a Segunda Guerra Mundial, “Arigós – Primeiros Riscos da Borracha” entrecruza os olhares sobre a selva como paraíso verde e a ocupação humana desordenada,

Todo carnaval tem seu fim

Quem sabe, sabe, conhece bem como é gostoso pular o carnaval. Porém, como tudo na vida, exceto a tristeza, a comemoração acaba. Para quem está melancólico sem os blocos, se recuperando daquela ressaquinha de leve ou pensando em como encarar o mundo de novo daqui pra frente, aqui vai uma playlist

CAR(rus)NAVAL(is) – e nada se acabar na quarta-feira

Porque são tantas coisas azuis E há tão grandes promessas de luz Tanto amor para amar de que a gente nem sabe Quem me dera viver pra ver E brincar outros carnavais Com a beleza Dos velhos carnavais Vinícius de Moraes   Morar no Rio de Janeiro traz algumas obrigações subcutâneas que precisamos acolher,

Empoderamento na tela grande

No primeiro ano de O Quinze, fugi um pouco das séries e resolvi escrever sobre cinema, uma vez que estamos na maratona pré-Oscar, que este ano acontece no dia 4 de março.  Como gosto sempre de falar mais bem do que mal, costumo postar aqui meus humildes pontos de vista sobre produções que admirei,

Doces como recompensa: o início dos maus hábitos alimentares

A alimentação da criança é muito desafiadora. Doces são geralmente um dos primeiros recursos que pais e responsáveis usam para recompensar uma criança por uma boa ação, para estimular o consumo de vegetais ou, até, por estarem ausentes durante todo um dia de trabalho. E, é aí que está o

O foco está nas eleições

Há um ano nascia O Quinze, parabéns a todos os envolvidos neste projeto! É sempre muito bom ver nascer e prosperar um novo veículo de informação e análise, abrangendo os mais diversos assuntos de importância para todos! Aqui no Rio de Janeiro, também comemoramos o término de mais um Carnaval,

Persistindo no erro

Nada surpreenderá mais os analistas futuros de história deste momento do que o fato de não ter sido feita até aqui nenhuma autocrítica por algum dos dirigentes do governo Lula e Dilma. Para o Brasil, mais importante do que aumentar a pena do ex-presidente Lula teria sido ele reconhecer os erros

Espetáculo “Arigós”renova olhar sobre a Amazônia

Concebido como um espetáculo panorâmico sobre a Amazônia desde o início do século XX à migração de nordestinos para região durante a Segunda Guerra Mundial, “Arigós – Primeiros Riscos da Borracha” entrecruza os olhares sobre a selva como paraíso verde e a ocupação humana desordenada,

Categorias

Edições Anteriores